A loirinha do Bate papo de internet

(Quer usar este espaço para divulgar algo? clique na imagem.)

Anuncia Aqui

Olá leitores do site, nos deixa nos apresentar, somos um casal de amigos, que gostam muito de conversar sobre sexo e contar as experiências um para o outro, e resolvemos tentar contar para vocês, eu vou me chamar Pedro e ela Bia.

(Quer usar este espaço para divulgar algo? clique na imagem.)

Anuncia Aqui

Eu vou começar contando uma experiência recente que eu tive, a uns dois meses atrás eu estava de bobeira no trabalho e resolvi entrar no bate papo, e conheci uma loira linda, vou chamar ela de loira mesmo, e começamos a conversar, trocamos email, sei que é ultrapassado mais ainda é a forma mais segura na minha opinião, e conversar forma trocadas por alguns dias até percebemos que estávamos nos envolvendo, e já tinha ido para parte sexual e até de sacanagem mesmo, só tinha um porem tanto eu quanto ela somos casados e tínhamos que tomar cuidados, nisso foi até conseguirmos devido ao trabalhar marcar um dia para nos encontramos, pois os dois também trabalham rsrsrs.

Então vamos ao conto,

Ela me disse que teria que ser pela manhã, pois ae daria desculpa de ir ao médico e talve nem precisasse dar desculpa porque o marido estaria trabalhando, por mim ok, até melhor então marquei num local coveniente para os dois e não tão longe do meu trabalho pois eu iria fugir e tinha que voltar a qualquer hora.

Chegando no dia e horário marcado eu cheguei no local alguns minutos antes e para minha surpresa ela estava lá me esperando já, então eu sinalizei para ela e ela veio e entrou no carro, e logo nos comprimentamos e eu perguntei,

– olá gata linda, para onde podemos ir? Sugestão

– Eu quero ir para onde vc quiser me levar, eu disse que isso seria com vc

– ok, vamos par um motel na Washington Luiz, preferência de quarto, com ou sem banheiro, essas coisas?

– Pedro, me leva par onde tiver espaço, uma cama bem gostosa e o resto não me importa, to querendo é outra coisa, não banheira.

Ae fomos , chegando lá subimos para o quarto e logo começamos a nos beijar, comecei a tirar a camisa dela com cuidado, para não amarrotar e logo tirei o sutiã tbm, que peitinhos lindos ela tem, cai de boca e comecei a mamar, e ela já estava começando a se entregar só ali, e eu já com a s mãos desabotoando a calça dela, até que abaixei para tirar sua sandália e tirei a calça deixando a só de calcinha, preta atolada naquela rabão, ae a coloquei de frente para parede e comecei a chupar seu cangote, passando a mão em sua bunda e falando besteira no pé do ouvido dela.

– você é muito gostosa sua safada, que rabo e peitos lindos, que tesão de mulher, quero comer você todinha.

-eu sou toda sua, faz dessa forma que você ta indo bem, faz eu to ficando mais louca, meu macho gostoso.

Então eu puxei o cabelo dela para beijar o cangote mais algumas vezes e falar cadê vez mais putarias, até que eu dei um tapa na bunda dela. Ae ela pediu

-faça qualquer coisa menos me bater com a as mãos sou branca e fico muito marcada rsrsrs, mas continua dessa forma Pedro continua vai ta gostoso.

Ae eu virei ela de frente e comecei a beija tirei minha camisa e a levei para cama, ali tirei sua calcinha e cai de boca naquela bucetinha rosinha depiladinha, comecei a chupar, lambendo da buceta ao grelo e ela já gemendo gostoso, isso já estava me dando mais tesão e ae eu fui de vez para chupar mais ainda, e comecei a trabalhar com as mãos também, enfiando os dedos naquela buceta que nesse momento parecia uma mina de água de tão úmida, e ela gemia com vontade.

– isso que delicia me chupa me deda, ta delicioso o que porra de língua essa espetacular, caralho continua vamos.

Ae eu continuei, e te falar, pela segunda vez uma mulher soltou um jato de gozo na minha boca da outra vez eu engoli e estranhei pois nunca tinha acontecido mas essa eu segurei e fui beija a boca dela para ela sentir o gosto.

Ela falou

-oque você fez? Eu nunca gozei assim, eu nunca soltei isso, nem sabia se isso era possível, caralho que sensação da porra.

E me empurrou, e começou a tirar minha calça e cueca junto e caiu de boca no meu pau.

– agora deixa eu te compensar se eu for capaz,

e começou a lamber a cabeça de meu pau, e deu umas mordidinhas nela, e logo começou a chupar no vai vem bem frenético, me olhando com cara de guenga, ela viu que eu estava gostando, e começou a querer, colocar o dedo na linha que separa o saco do cu, mas eu não deixei eu tirei, ela respeitou aquela hora e continuou no boquete bom, punhetando e chupando e lambendo e mordendo também, eu então a puxei para 69 gostoso, a bunda dela era muito grande, que visão linda, ela chupava meu pau e eu chupava a buceta dela e dedava ao mesmo tempo, ela tinha hora que não agüentava e largava meu pau para começar a gemer de prazer ela disse que já estava quase gozando novamente, nisso eu continuei e ela voltou a chupar, mas logo ela disse

(Quer usar este espaço para divulgar algo? clique na imagem.)

Anuncia Aqui

– caralho, caralho, caralho gozei de novo

e ae começou a punhetar meu pau bem rápido e u não segurei, gozei na boca dela, ela levantou me mostrou a língua toda branca e engoliu a porra.

Mas ae ela não parou, mudou de posição e continuou a chupar, mas eu a tirei dali e coloquei uma camisinha, e comecei a pincelar meu pau naquela buceta.

– me come, mete logo essa rola na minha buceta me come logo caralho

Eu cheguei perto dela puxei seus cabelos e disse:

– cala a porra dessa boca caralho eu te como a hora que eu quiser, fica quieta nesse caralho eu que mando aqui.

– sim senhor, me perdoa, me castiga

Ae voltei e comecei a dar paulada com meu pau na buceta dela, e e também tapas com a mão na quela buceta, tava ficando muito inchada, e comecei a meter de pouquinho, coloquei as pernas dela sobre meu ombro e comecei a estocar, devagar, ma s a filha da puta começou a pedir para eu socar forte,

– mete forte caralho, me rasga com essa piroca me come com vontade,

Ae eu comecei a estocar forte a mulher tava gritando muito gemendo demais, acho que na recepção do motel dava para escutar rsrsrs

Quando eu a virei e a deixei de 4 pronto ela chegava a parecer que estava chorando de tanto gemer, chingava muito e aquela visão me dava mais vontade de meter, ela inclinou o rabo todinho e acredite anunciou outro gozo, ae eu a levantei coloquei de pé com as pernas trepada no cavalinho e continuei meter eu não demorei muito e logo gozei.

ela foi ao banheiro se limpar um pouco rsrsr e eu olhei meu celular e tinha mensagens do trabalho, eu tive que pegar e ligar para um funcionário que trabalha comigo para ele fazer para mim e tive que ligar para pessoa para dizer que já estaria indo que eu estava resolvendo um problema, nesse momento ela veio e começou a me chupar novamente meu pau meio sujo de goza, ela nem ligou, eu no telefone e a piranha ali, eu quase soltei um gemido a filha da puta aproveitou e lambeu meu cu, caralho eu gostei foi bom ela ficou chupando ele eu fiquei com o pau de pé novamente, foi quando ela pediu para eu comer o cu dela, nossa esse pedido suou feito uma ordem, mas ela disse que era ppara eu ir com cuidado, o cu dela não era virgem ela adorava a da mas meu pau era muito grande. Eu disse:

– Calma linda vou fazer com cuido,

A coloquei na posição e comecei a trabalhar com os dedos colocando um depois dois dedos e molhando ele com o próprio mel dela, mas nahora só comecei a colocar ela não aguentou, eu então a deixei tranqüila e fomos para a transa convencional entre aspas, eu fiz a posição que sempre faço (essa posição só explico na prática rsrsrs)o, ela ficou louca, gemia muito

– vc vai me quebrar, caralhoooo

-vc quer que eu pare?

– porra nenhuma continua, vai nem pense em parar

eu meti até a filha da puta, gozar pela quarta vez, e eu não consegui gozar novamente.

Ae já era quase meio dia, pedimos uma para da para comer e comemos ali sentado falando um monte de merda, após isso, demos outra foda, dessa vez só eu que gozei, ela não, fomos tomar um banho, ficamos nos beijando no boxe, tipos namorados mas sem penetração.

Até que estávamos colocando a roupa, para ir embora, ela foi para cima e tirou meu pau para fora, e começou a chupar novamente, punhetar, disse

– meu macho me da mais um pouco desse leite delicioso

– caralho deve sair mais nada na, já foi 3 vezes rsrsrs

– vamos ver então

Subiu me beijava gosto me punhetava, e descia para mamar, até que eu anunciei

– vai vadia ta vindo

Ela desceu e punhetou e gozei não tinha mais tanta coisa mais saiu

– viu meu macho, não disse que consigo

Ae fomos para o carro, a deixei no local que a encontre e vim trabalhar.

Bom Galera espero que vocês tenham gostado, como disse somos novos aqui, eu gostei de escrever.

se quiserem fazer alguma sugestão para nos ajudar, nosso email é [email protected]

Conto enviado por: Pedro & Bia (Obrigado)

Gostou do conto? deixe-nos saber com um comentário.
Quer entrar no nosso grupo Whatsapp? Veja aqui como o fazer: Clique aqui.
E se quiser nos enviar o seu conto faça por aqui: Enviar Conto.

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

Adicione um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Conteúdo Protegido !!