Advogado transando com cliente casada liberal no escritório

(Quer usar este espaço para divulgar algo? clique na imagem.)

Anuncia Aqui

Bom dia caros leitores, após ler vários contos eróticos no site, resolvi escrever sobre um que aconteceu comigo.

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

LibidGel Aumente seu penis

Trabalho como advogado na minha cidade, interior de Minas Gerais. Certo dia enquanto estava no escritório elaborando uma defesa pra um cliente, me deparo com a presença de um casal bastante simpático, e a mulher principalmente, era uma delícia, literalmente linda dos pés à cabeça (obs: Amo olhar pés femininos).

Durante a realização da consulta eu não conseguia tirar os olhos da moça e nem ela tirava os olhos de mim, e o marido dela percebeu isso, porém eu não sabia que eles eram casal liberal. O marido então pediu pra eu acompanhar ele até a saída porque o mesmo precisava pegar uns documentos que faltava pra dar entrada no processo. No portão ele pediu carinhosamente pra eu cuidar de sua esposa, pois era seu bem precioso, no momento eu não entendi o recado, mas alguns minutos depois tal frase faria todo sentido.

Ao voltar pra minha sala, deparei com ela sentada na cadeira, mas com as pernas cruzadas, e que par de pernas era aquelas, grossa, lisas, toda perfumada com creme, e aquele salto alto mostrando os pés bem feitos e cuidados, coisa que me deixou excitado, e por estar de calça social, o volume ficou todo à mostra.

Nisso começamos a conversar sobre o dia-a-dia, o que ela gostava de fazer pra passar o tempo e tal, até que chegamos no assunto de sexo, amor, transa, lugares inusitados, fetiches e tal.

Assim, a moça soltou que tinha uma fantasia, em transar no escritório em cima de uma mesa de advogado e eu prontamente disponibilizei em ajuda-la. Começamos a namorar (só pra constar trabalho com mais 12 advogados em salas separadas, mas que são salas que ficam lado uma da outra).

Nos beijamos loucamente, ergui ela e coloquei sentada no meu colo enquanto nos beijávamos, logo notei que o vestido que ela usava estava quase em seu umbigo. Nisso, já fui logo tirando sua calcinha e sua bucetinha estava tão molhada que escorria na minha calça, e não demorou muito ela gozou com meus beijos, então coloquei ela sentada na mesa do escritório, tirei toda a sua roupa (vestido e sutiã, porque a calcinha tinha tirado a muito tempo) comecei a chupar os seios dela, a passar a ponta da língua nos biquinhos dos seios dela, e percebia que eles estavam duros e arrepiados de tanto tesão.

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

Ela vibrava, gemia e pedia para ser penetrada logo, pois já tinha gozado 2 vezes, mas eu ainda iria chupar ela né, queria sentir ela gozando na minha boca uai. Assim comecei a chupar sua bucetinha, enquanto minha mão alisava e acariciava os seios dela. Por fim, ela gozou pela 3 vez na minha boca, e assim, comecei a penetrar nela, e a mesma gemia, gemia e gemia. Frases como está delicioso, mete que quero gozar no seu cacete, que dr delicioso, que cacete delicioso eram repetidas constantemente.

E depois de várias bombadas, olhei pro meu cacete e o mesmo estava todo lambuzado de sua porra, pois ela gozava como nunca tinha visto.

Eu não tava aguentando mais, precisava gozar pra fechar com chave de ouro a realização daquele fetiche.

Prontamente coloquei ela de quatro, abaixando e se firmando na mesa, colocando ela com os dois pés firmados nas duas cadeiras, e como tenho um cacete um pouco avantajado foi facilmente penetrado nela.

Quando ela ficou de 4 com aquele bundão bem gostoso, lisinho, aquela tatoo bem no coquis, aqueles pezinhos lisinhos, todo delicadinhos, não aguentei bombar muito não, logo meu pau começou a saltar e ela percebeu, pedia porra na bucetinha, pedia porra, pedia leitinho e eu como um bom homem, acatei prontamente o seu pedido, e gozei gostoso na sua bucetinha, a lambuzei por completo.

Terminamos e perguntei se ela tinha gostado, e ela respondeu que tinha gozado 6 vezes, e que a quantidade de gozo dela justificava se tinha gostado ou não.

Senti me muito feliz em deixar minha parceira sexual satisfeita.

Logo depois de terminamos ela ligou pro marido, pediu pra ir buscar ela, que já tinha terminado.

Quando ele chegou, conversamos ainda algum tempo e ele pediu pra eu satisfaze-la mais vezes e que dessa vez queria olhar. FIM…

Gostou do conto? deixe-nos saber com um comentário. E se quiser nos enviar o seu conto faça por aqui:

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

E estes contos já lestes?

Um comentário

  1. Uau…
    Que excitante!

Deixe um Comentário. (Proibido divulgar Whatsapp ou emails)

Seu endereço de e-mail nao será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

error: Conteúdo Protegido !!