Esposa Evangélica

(Quer usar este espaço para divulgar algo? clique na imagem.)

Anuncia Aqui

Depois de alguns anos de casamento é normal dar uma esfriada na relação e com isso surgem brigas, desentendimentos, traições e separação, minha esposa é muito certinha nunca demonstrou nem um tipo de safadeza na cama, sempre quis evitar algumas posições porquê se queixava de desconforto dizendo que aquelas posições não eram legais e blá blá blá, ela aceitava só de papai e mamãe e de ladinho e eu sempre fui tarado e gostava de várias outras, mesmo sendo fiel a ela, sonhava em pega-la de todos os modos e com o clima já frio, fui logo pensando mais e mais como faria ela Transar como uma mulher normal, e desejar  outras posições, foi aí que comecei a ler contos eróticos e me veio um tesão irresistível de como seria ver ela, na cama gemendo , na vara de 2 ou mais homens, más como faria para conseguir isso pensei, afinal ela nem pensava em  safadeza, imagine em sexo com mais alguém ou com mulher no meio.

(Quer usar este espaço para divulgar algo? clique na imagem.)

Anuncia Aqui

Isso me atormentou por semanas e em uma das brigas desabafei; dizendo você não gostar de nada, que isso estava prejudicando nos dois, que eu já não estava sentindo atração como antes, que precisávamos aquecer a relação. Nessa noite não rolou nada e no dia seguinte mal trocamos palavras, foi aí que ela viu o perigo. 2° dia após a  briga, ela chega em casa com o filme do momento. “ 50 tons de cinza” para assistimos juntos, mais ela sem saber que naquele dia, eu estava de escala no trabalho e não poderia ficar com ela.

Demonstrou chateação e eu mais que de pressa sabendo o teor do filme, disse assiste com calma e me conta os detalhes depois, dito e feito, terminado minha escala fui pra casa e ela toda sorridente me contou os detalhes; Dizendo que gostou do filme e que estava querendo testar uma nova posição, nessa hora minha imaginação foi a mil, qual seria a posição que ela se referia.

Tomei uma ducha e entrei as pressas ao quarto, ela estava toda nua e  sorridente fazendo carinha de mocinha que pensa em fazer arte. Veio ao meu encontro me deu um beijo lento e molhado me abraçando com ar de saudades, eu com todo carinho fui deitando ela na cama e beijando seu corpo, até chegar em sua grutinha, que nessa hora estava toda molhada fui bem de leve afinal apesar de sermos casados, ela nunca deixou eu chupar muito sua linda e pequena Bucetinha, chupei bem de vagar apreciando cada instante e ela se contorcia em cima da cama e nisso ela fala. Chega.

Na hora fico decepcionado afinal estava ficando muito bom, agora minha vez diz ela, ouvir isso me causa uma alegria sem fim, comecei imaginar oque ela ia fazer, enquanto prendia o longo e belo cabelo, que ia ate na altura da cintura, pediu pra deitar na cama e veio meio sem jeito beijando meu peito e foi descendo até meu pênis, nossa na hora não acreditei, eu já tinha recebido outros boquetes nos tempos de farra, mas a sensação de receber um dela estava fantástico. Mesmo ela pondo parte da cabeça dentro da boca e usando os dentes, que me causava certo desconforto, depois de algumas tentativas de por toda a cabeça do pênis na boca ela para me olha nos olhos e diz  assim. “vamos para a surpresa”… Nessa hora meu coração capotou, pensei comigo achei que seria só isso… Ela vem esfrega seu corpo cheiroso em mim e pedi pra ficar em pé, enquanto ela fica de quatro e pedi vem, mais com calma, sabe que eu não conheço essa posição.

(Quer usar este espaço para divulgar algo? clique na imagem.)

Anuncia Aqui

Suei frio e fui pincelando sua Bundinha, com meu Pau e ela tentando empinar aquela delicia de bunda, até que encostei na xaninha dela, levou um susto más foi se acalmando enquanto eu fui bem devagar, introduzindo meus 16cm, em centímetro por centímetro, em sua linda grutinha, foi todo e eu me sentindo o cara mais feliz do mundo.

Fiquei imóvel por um instante para ver sua reação e bem devagar retirei metade e fiz novamente uma penetração total e nisso ela começa a discretas gemidas e meu tesão vai á mil, vou aumentando o ritmo e dei uma leve palmada na sua bunda, na hora desistiu dizendo, que não queria mais, que estava estranho e mais, um monte de desculpinhas.

Fiquei puto e pra não perder tudo ela diz . Vem por cima. Já que oque estava  bom acabou vamos pro comum mesmo pensei, dei umas boas estocadas pensando no que havia acontecido antes e gozei meio com ar de descontente, ficamos ali deitados juntos por um tempo e eu não parava de pensar em Transar de volta, e como toda mulher gosta de conversar na cama, foi logo contando, do seu dia, das amigas, como foi o culto da igreja, e eu ali só escutando.

Pensando na foda perdida, e nisso lembro do filme e pergunto, mais me conte oque mais você  gostou do filme, ou oque você pensou em fazer, ela começa a dizer coisas sem importância, tipo fulana disse isso, fulano respondeu isso, e eu escutando tudo aquilo sem importância, esperando chegar a parte quente, que demorou uma eternidade, foi aí que ela falou, amor… lá apareceu uma cena que me chamou atenção mais não tenho coragem e sei que você não vai gostar, essas palavras me abriram os olhos e me fez sentir novamente o tesão que estava  durante a foda.

Perguntei me fala oque é; ela disse á moça lá foi com o rapaz em um restaurante usando um vestido curto e ele pediu para ela tirar a calcinha em público por baixo da mesa, cara minha mente pirou, fiquei louco pela cena passando pela minha cabeça. E me lembrei de um conto que li que contava algo semelhante que a Esposa se exibindo em público, foi aí que comecei a tramar uma louca estratégia de fazer ela Transar de verdade e poderia até mesmo chamar mais alguém.

E como já tinha matutado como seria ver ela na vara de outro homem, pensei no meu amigo Jorge do tempo que saíamos nas farras e sei bem que ele acha minha esposa muito Linda, então dei um sorriso amarelo para minha esposa e disse podemos conversar sobre isso outro dia. Continua…

Quero dizer que é muito importante para nós autores, de contos eróticos suas mensagens de apoio e crítica que se gostarem comentem, faz toda a diferença para continuarmos.
Obrigado!!

Conto enviado por:  Jair Tropy (Obrigado)

Gostou do conto? deixe-nos saber com um comentário.
Quer entrar no nosso grupo Whatsapp? Veja aqui como o fazer: Clique aqui.
E se quiser nos enviar o seu conto faça por aqui: Enviar Conto.

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

RelatedPost

2 Comments

Adicione um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Conteúdo Protegido !!