Virei Tiozinho

Voces já devem ter acompanhado um conto que minha namorada se fantasiou de Feiticeira do H para mim aqui neste site. Ela então me pediu que me vestisse de “Tiozinho” para ela. Em uma viagem a São paulo comprei alguns apetrechos para esquentar ainda mais a nossa transa. Fui a um sex-shop e comprei uma máscara e um chicote. No dia combinado fomos para o motel.

Ela como sempre estava maravilhosa. Sexy em um vestido tubinho preto curto mostrando as coxas maravilhosas que ela tem. um batom bem vermelho contrastando com os belos olhos verdes que me enlouquecem tanto. Bem, mas chegando ao motel, eu fui ao banheiro trocar de roupa. Voltei totalmente a carater. Blusa de couro sobre o peito nu. (Ela diz que adora o meu peito peludo). Uma cueca tipo tanga branca e a mascara eram o restante da fantasia. Ela disse que queria ser currada, humilhada e espancada pelo seu “Tiozinho”.

Era estranho inverter os papeis, ja que ela sempre é a dominadora em nossas transas. Mas mandei que ela ficasse de quatro na beira da cama. Levantei o vestido até expor aquela bunda linda e arrebitada. Ela já tinha vindo sem calcinha a safada! Comecei a bater nela com o chicote, inicialmente bem devagar. – “Bate, bate nessa mulherzinha safada que anda mal-comportada, bate forte” Eu me empolguei e soltei o braço. Batia cada vez mais forte. As tiras de couro faziam marcas naquele traseiro magnífico. – “Ai, Ai, meu macho, por que voce esta batendo na sua putinha com tanta força” – “Cala a boca, mulher.

Tu sabes por que apanhas” e batia ouvindo o estalar do couro na bunda deixando-a cheia de vergões. Paula enlouqueceu. Parecia que tinha se tornado outra pessoa. Ela se sentou na cama e rasgou a parte de cima do vestido e mostrou os seios volumosos e duros que ela tem. – “Bata em mim, meu macho. Bata” Nao resisti aquela cena. Empurrei-a de encontro ao colchão e comecei a retirar o resto do vestido e beijá-la dos pés a cabeça. Eu sou loucamente apaixonado por ela. Ela é um vulcão que me derrete de prazer.

Caí de boca naqueles seios grandes e deliciosos. Ela suspirava e gemia. Comecei então a passar devagarinho o chicote pelo seu corpo. Ao contato com o couro áspero a pele macia dela ia ficando cada vez mais arrepiada. Eu passava as tiras pela virilha e podia ver a rachinha dela cada vez mais molhada e brilhante. Então para susto dela, enfiei o cabo do chicote em sua vagina.

Ela deu um pulo na cama mas depois deixou-se currar. Eu a masturbava-a com o cabo do chicote enfiando até a entrada do útero. Ela aos berros dizia que estava adorando. Deitei-me por trás dela e com uma mão enfiava o chicote na buça dela enquanto com a outra acariciava os seios. Ela começou a rebolar quando sentiu meu pau trincando de tão duro encostado naquele traseiro. – “Come meu rabo, enquanto enfia este chicote na minha rachinha”- balbuciou ela. Nem me dei ao trabalho de lubrificar aquele traseiro tão acostumado a levar ferro. Somente puxei a sunga de lado e encostei a cabeça do meu pau naquele buraquinho apertado que ela tanto adora me dar.

Comecei a penetrar, mas ela pediu que parasse, pois estava doendo pela falta de lubrificação. Ela então me pôs de costas na cama enquanto sentava no meu pau (sua posição preferida) ela começou a rebolar e sentir meu pau encostar no colo do útero. Mas eu, sem avisar, fui encostado o cabo do chicote naquele rabinho. Ela parece ter gostado da idéia, pois arrebitou o cuzinho para enfiar mais. Soquei até o talo. Ela então entrou em um frenesi, -“Mete desgraçado, arranca sangue desse cu apertado. Fode meu cu!!!!” Eu cheguei a ficar com medo que ela se machucasse, mas ela me tomou o chicote da mão e ela mesmo ficou masturbando o cuzinho enquanto rebolava emcima do meu pau. Comecei então a sentir que não conseguiria segurar o gozo por muito tempo. Ela vendo que eu ia gozar saiu de cima de mim e caiu de boca no meu pau ainda a tempo de engolir cada gota do meu semem. -“Obrigado meu amor, obrigado meu Tiozinho

Gostou do conto? deixe-nos saber com um comentário.
Quer entrar no nosso grupo Whatsapp? Veja aqui como o fazer: Clique aqui.
E se quiser nos enviar o seu conto faça por aqui: Enviar Conto.

Deixar uma resposta

Atenção!

O site contoseroticosvip.com chegou ao fim, apartir de hoje todos os contos serao inseridos num novo site.

Novo site é contoseroticosvip.site 

Se quer continua a ler os nossos contos que diariamente sai contos novos aceda então ao novo site.

Administração Contos Eróticos

%d bloggers like this: