No dia que gozei pela primeira vez

(Quer usar este espaço para divulgar algo? clique na imagem.)

Anuncia Aqui

Olá. Hoje vou narrar pra vocês algo que aconteceu 11 anos atrás. Por motivos óbvios de privacidade trocarei os nomes dos envolvidos por nome fictícios.
Vamos ao que interessa. Tenho 30 anos, 1.73m de altura, branca, corpo bem definido, do tipo normal mas com tudo no lugar, barriga chapada e peito durinho, quadril largo, bumbum gigante, e pernas torneadas sem pelos. Cabelos loiros de tamanho curto para médio.
Ele que vou chamar de Ed, é negro de mais ou menos 1,75, não é nenhuma maravilha, nenhum mister mas na cama fodia muito gostoso que as características físicas passavam desapercebidas.
Eramos colegas de classe na Faculdade, nos primeiros meses quase não nos falávamos, até que houve um contato que mudou de vez nossa amizade.

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

LibidGel Aumente seu penis

Vamos logo ao que interessa para não ficar muito longo, eu havia perdido em uma matéria no semestre anterior, e Ed sempre prestativo se disponibilizou me ajudar no que fosse preciso, nesse ínterim já havíamos trocado beijos e havia uma certa amizade colorida, mas eu estava meio apaixonada pela forma qual ele me tratava.

No dia marcamos em minha casa para fazer esse trabalho, lá em casa na época era um prédio de três andares, morava no terceiro andar eu e mais dois irmãos, nesse dia minha família havia viajado para um aniversario de casamento de meus avós, eu não por que precisa estudar e fazer esse trabalho, por volta de 14h ele chegou lá em casa tocou a campainha, eu estava vestida com um shortinho jeans lavado mega curto que deixava mostra uma parte de minha bunda, quando ele me viu bateu logo os olhos em cima de meu popozão, de forma cavalheira ele deixou eu subir na frente dele afim de se deliciar com bailado de minha bunda na escada, chegamos e fomos fazer o trabalho, no meio de uma tarefa e outra ele me beijou de forma repentina, me assustei um pouco mais acabei cedendo aquele beijo, entre caricias e beijos ele começou apertar minha bunda e acabamos caindo em cima do tapete da sala, o pau dele já estava duro como uma rocha, mesmo usando uma bermuda jeans dava para deixar amostra aquela ereção cheia de tesão.

Ed com muita delicadeza desbotoou meu short e abaixou um pouco meu ziper, foi o suficiente para encaixar sua mão e acariciar minha bucetinha que estava completamente molhada de tesão, sem pensar em mais nada perguntei se era aquilo mesmo que iriamos fazer, ele balançou a cabeça que sim, ele tirou meu shorte e me deixou de calcinha, estava completamente louca com vontade de trepar.

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

No momento tivemos que parar, pois ele não tinha camisinha e logo teve que ir na farmácia que fica uns dois minutos de minha casa, enquanto ED tinha ido fiquei deitava no sofá me masturbando, quando ele chegou foi logo me chupando, nossa nunca havia recebido um oral daqueles, me chupou com maestria que minha buceta estava encharcada, nunca havia sentido aquela sensação, logo depois comecei chupar o pau dele, que era muito grosso e quente, chupei tanto que meu maxilar ficou dolorido, e quase ele gozava em minha boca.

Depois desse oral, ele encapotou o pau e me colocou de quatro no sofá, e disse: Agora vou foder com força essa bucetinha, puxou meu cabelo e começou socar minha buceta com força, era uma sensação maravilhosa, eu de quatro e ele em cima de mim grudado em meu quadril socando cada vez mais forte, de repente ele me começou me chamar de putinha, e bater em minha bunda, aquilo me deixou louca e comecei pedir que ele socasse com mais força, ele atendeu meu pedido e começou socar com força, até que comecei sentir algo muito gostoso vindo do pé de minha barriga, era uma coisa muito gostosa, ele continuava socar e cada vez mais eu gostava, até que comecei me contrair ele pensou que estava me machucando, mas na verdade eu estava tendo meu primeiro orgasmo, gozei com o pau dele socando minha buceta, logo em seguida ele retirou o pau dele de mim tirando a camisinha e gozou em cima de minha bunda, nunca vi tanto esperma, foi uns cinco jatos cheios de porra, ficamos ali no sofá nos deliciando com aquele foda, fomos para o banheiro tomar banho e depois terminar o trabalho.

Ed já não estava mais concentrado em trabalho quando ele me viu de camisola transparente começamos um segundo round, dessa vez em meu quarto, ele me chupou tanto que comecei me contrair e acabei gozando na boca dele, logo em seguida pedir para ele colocar a camisinha e sentei em seu pau com muita vontade ,comecei cavalgar de forma alucinante, até que vi ele se contorcendo dentro de mim ele segurou e gozou, até porque modéstia parte minha cavalgada é irresistível.
Ainda demos outra foda até ele ir embora, e hoje mesmo 11 anos depois guardo esse momento como um troféu, pois nesse dia comecei saber o que era ser mulher.

Historia enviada por Jamile. Obrigado

Se também quer fazer como ela e enviar a sua historia faça aqui: http://rabiscosecontoseroticos.xyz/envie-a-sua-historia-ou-conto-erotico/

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

E estes contos já lestes?

Deixe um Comentário. (Proibido divulgar Whatsapp ou emails)

Seu endereço de e-mail nao será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

error: Conteúdo Protegido !!