Nossa primeira troca

(Quer usar este espaço para divulgar algo? clique na imagem.)

Anuncia Aqui

“Decida ser feliz, as outras decisões ficarão mais fáceis”
Este conto escrevo pra vocês, casados, que desejam dar um up-grade em suas vidas sexuais.
Eu André, 40 anos, branco, 1,73m, 73kg, malho, casado há 12 anos com a Julia, linda morena de 39 anos, 1,62m., 52kg, peitos volumosos, lábios carnudos, muito gostosa.
Há quase 2 anos resolvemos nos abrir para novas experiências e sensações através do mundo liberal. Conhecemos alguns singles e casais, transamos e curtimos, porém, nunca havíamos realizados efetivamente uma “troca de casal”.

(Quer usar este espaço para divulgar algo? clique na imagem.)

Anuncia Aqui

Após conversar um pouco com um casal da região por um aplicativo resolvemos marcar de nos vermos pessoalmente, então marcamos um encontro num barzinho de Campinas, pra onde seguimos desprovidos de qualquer expectativa. As outras pessoas que conhecemos só marcamos pessoalmente após meses de bate-papo para apurar afinidades. Neste caso, estávamos indo ao encontro de um casal praticamente desconhecidos, verdadeiro “pulo no escuro”.

Assim que chegaram no barzinho e sentaram em nossa mesa já pudemos concluir que havíamos tido sorte! Ela, Joana, 31 anos, linda, sorridente e simpática. Ele, João, 31 anos, corpo em forma, boa pinta e cara de bom menino. O papo rolou gostoso, contamos e ouvimos nossas experiências e aventuras.

Com pouco mais de uma hora de conversa eu disse: “pessoal, se formos para algum lugar acho melhor resolvemos logo, pois temos horário pra voltar”. Todos balançaram a cabeça que sim e diante da aprovação unânime combinamos a ida para um motel.
Julia e Joana foram ao toalete e ainda com “gelo pra quebrar”, conversaram entre elas que “iria rolar só no mesmo ambiente”.
Escolhemos um motel bem bacana e lá fomos nós 4, loucos por uma experiência com aquele jovem casal de namorados e com tão poucas experiências como nós.

Logo na chegada a suíte, Julia e Joana começaram a se beijar e rapidamente foram tirando suas roupas. É lindo de se ver duas gatas brincando, meu pau já cresceu na hora sob a cueca, apertei-o e mostrei pra elas como estava gostando de ver a cena…
Fui encostando na Joana, já nua, e sentindo sua pele sedosa, beijando seu pescoço e boca e encostando meu pau no seu corpo, os beijos foram esquentando e a adrenalina subindo cada vez mais. Que delicia de gata, cheirosa, linda e com muito sexy appel.
Fui chupando seus peitinhos deliciosos até chegar na sua ppk. Fiquei impressionado com a delicadeza daquela bucetinha, linda, lisinha, cheirosa, saborosa, chupei-a até me lambuzar.

Julia e João seguiram na mesma linha, muitos amassos e pegação. Logo João colocou uma camisinha e começou a penetrá-la na posição papai-mamãe, uma cena linda de se ver.
A noite foi toda assim, mudanças de posições e de parceiros, destrocamos e trocamos novamente, uma brincadeira deliciosa, igual a que sempre imaginássemos que poderia ser.

(Quer usar este espaço para divulgar algo? clique na imagem.)

Anuncia Aqui

Após a primeira gozada, fomos relaxar na hidromassagem, ficamos por 15 minutos nos recuperando.
Após um banho e ainda nus, eu e a Ju começamos e nos beijar na cama, logo João chegou com a Joana e começaram a namorar bem ao lado. Não demorou muito para que trocássemos novamente e quando vi Joana já estava com meu pau na boca, sugando-o com muita vontade. Perguntei se ela gostava de 69 e ela nem respondeu, apenas virou de posição deitando-se sob mim e colocando sua bucetinha na minha boca. Foi um longo 69, uma delícia de sabor e sensação.

João e Julia continuavam na troca de posições, em pé, papai mamãe, de 4, costas…. meteram de todos os jeitos e posições. Via a cara de safada satisfeita da Ju, outra cena pra não se esquecer…
Com a Joana  sentada e eu de joelhos na frente dela, ganhei outra deliciosa chupada, ela se revezava entre a glande, o corpo do meu pau e minhas bolas. Perguntei se meu pau era diferente do namorado e ela disse que era muito parecido. Adoro comparações – completei.
Joana ainda me masturbava quando perguntei se podia gozar em seus peitos e diante da aprovação ejaculei meu leite quente em seu corpo…

Felizes e realizados, voltamos pra nossas casas de mão dadas e relembrando a noite de prazer.
Isto porque era pra ser somente “no mesmo ambiente”…. rs
Foi uma noite perfeita, fazia tempo que fazíamos por merecer. Depois de tudo, fica deliciosa a sensação de relembrar e falar dos momentos de safadeza entre o casal, principalmente na hora do rala e rola… Nossa vida sexual se está renovada, todos os dias temos motivos para transarmos e nos amarmos. Devemos isto a coragem de permitirmos mudar os paradigmas da velha opinião formada, experiências como esta nos deram nova expectativa de vida, com amor, prazer, cumplicidade e respeito. Por que a vida é uma só… Casal JuAndre CRS 72781

Conto enviado por:  André (Obrigado)

Gostou do conto? deixe-nos saber com um comentário.
Quer entrar no nosso grupo Whatsapp? Veja aqui como o fazer: Clique aqui.
E se quiser nos enviar o seu conto faça por aqui: Enviar Conto.

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

Tags:

Adicione um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Conteúdo Protegido !!