O dia que resolvi ser puta

Há algum tempo eu vinha com algumas ideias de como ganhar um dinheiro extra; dentre essas ideias estava a ideia de conhecer uma casa de shows. Depois de muito ensaiar, tomei coragem e resolvi conhecer uma dessas casas; neste dia, à noite, coloquei um vestido preto curto e bem justinho, como o vestido era um tomara-que-caia optei por não usar nenhuma roupa íntima por debaixo do vestido; coloquei a sandália mais alta, passei um pouco de maquiagem, entrei no meu carro e fui até a casa de shows.

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

LibidGel Aumente seu penis

Não sou o tipo de  mulher “gostosa”, porém tenho belos traços e um corpo magro e saudável. Chegando na casa, fui recepcionada pelo gerente, que me explicou como a casa funcionava e disse que se eu quisesse já podia começar; o lugar era lindo, cheio de requinte e luxo. É claro que antes de ir, pesquisei opções de lugares e escolhi o que julguei ser um dos melhores. A casa lembrava uma danceteria, ou seja, havia pistas de danças, DJ e um bar. As garotas eram lindas; fiquei feliz ao perceber que embora fosse uma casa de entretenimento, não havia vulgaridade explícita.

O gerente me acompanhou até o bar e ficamos conversando um pouco; o Daniel era um homem muito elegante e bem vestido, e que ao mesmo tempo que era sério, demonstrava um ar de homem safado. O ambiente do lugar me excitava e eu estava louca para começar a trabalhar. Fui apresentada a algumas garotas e começamos a dançar. Enquanto eu dançava, percebi que um grupo de amigos olhava pra mim; eu ainda não sabia como agir, nem o que fazer, pois tudo aquilo era algo inédito.

Quando olhei para trás, vi que dois dos rapazes se aproximava; fui em direção deles e esbocei um sorriso meio tímido. Eles se apresentaram, um se chamava Lucas e o outro Carlos; dançamos juntos e durante a dança, Lucas e Carlos se enfregavam em mim, enquanto passavam as mãos pelo meu corpo, pela minha bunda; eles perguntaram se eu transaria com os dois e quanto eu cobraria; por um segundo, parei e me perguntei se era aquilo mesmo que eu queria; analisei os rapazes, ambos eram bonitos e jovens. Dei meu preço e fomos para o quarto; não vou falar quanto cobrei, mas quando eu pensava sobre isso, tinha em mente que caso eu chegasse a transar por dinheiro, não seria por pouco dinheiro.

(Quer usar este espaço para divulgar algo? clique na imagem.)

Anuncia Aqui

Já no quarto, Lucas e Carlos começaram a me beijar; Lucas abaixou meu vestido e percebi sua excitação ao notar que eu estava sem calcinha; eles chupavam meus seios, enquanto eu abocanhava aqueles dois paus duros, bem na minha frente. Eu estava cheia de tesão, minha buceta estava muito molhada; a sensação de chupar um cacete enquanto outro cara caia de boca em mim era muito boa. Já não aguentando de tesão, sentei em cima do pau duro do Carlos e comecei a fazer movimentos com meus quadris; adorei ouvir eles falando: “vai sua puta, fode gostoso, senta gostoso no meu pau”; isso me excitava e eu rebolava cada vez mais, enquanto chupava o caralho do Lucas.

Até que chegou a hora que eu mais temia, porém mais me excitava; foi quando Lucas, veio por trás de mim e começou a fuder meu cu com força, ao mesmo tempo que eu estava sentada no pau do Carlos; eu não sabia se gemia de dor, ou de prazer; Lucas puxava meus cabelos, apertava meu pescoço e eu já não aguentando mais, gritava de dor e prazer.

Os dois pararam de meter em mim e começaram a se masturbar, enquanto eu de joelhos no chão, recebia aquele monte de porra na minha cara. Como o programa durava uma hora, tomamos banho e nos vestimos. Sai do quarto perplexa com a minha coragem, porém contente; fui pra casa descansar, afinal, acordaria cedo no outro dia, para ir trabalhar.

Conto enviado por:  Cristine (Obrigado)

Gostou do conto? deixe-nos saber com um comentário.
Quer entrar no nosso grupo Whatsapp? Veja aqui como o fazer: Clique aqui.
E se quiser nos enviar o seu conto faça por aqui: Enviar Conto.

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

libidgel

E estes contos já lestes?

Um comentário

  1. Uauuuu…
    E que puta que tu me sai.
    Mulher gostosa é assim quanto mais puta na cama melhor
    Muito bom seu conto.

Deixe um Comentário. (Proibido divulgar Whatsapp ou emails)

Seu endereço de e-mail nao será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

error: Conteúdo Protegido !!