Relatos de uma safada

(Quer usar este espaço para divulgar algo? clique na imagem.)

Anuncia Aqui

Iniciei minha vida sexual com um namoradinho aos 17 anos, ele me levou na casa dele na ausência dos seus pais, morríamos de tesão, mas nenhum de nós, sabia o que estava fazendo, conclusão, senti dor e foi um desastre, mas continuava com muita vontade e agora com medo.
Dias depois estava no clube com as amigas na piscina e tinha um rapaz que aparentava uns 30 anos que não tirava os olhos de mim, quando fui buscar uma bebida ele me abordou queria conversar, sentamos um pouco no quiosque, ele era agradável mas sabia muito bem o que ele queria, e senti que queria também, conversei com as amigas, combinei uma história com elas e sai com ele que chamou pra sua kitnet onde morava sozinho.

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

LibidGel Aumente seu penis

Ele foi incrível, sabia como seduzir, no caminho já parou numa farmácia camisinha lubrificantes. Foi com muita calma me beijando ainda no carro, podia sentir seu desejo seu olhar me devorando. Entramos na casa dele tudo bem arrumado simples e confortável, ele me envolveu nos seus braços, me beijando como nunca tinha sido beijada, senti um enorme prazer , a ppk piscava, ele agarrado em mim andando em direção a cama e me despindo, descendo suas mãos pelo meu corpo, quando enfiou o dedo na xana que estava inundada soltou um “nossa que delícia” acariciou ela me deixando em total desespero, aquela boca quente no meu corpo até que afastou minhas pernas e passou a língua suavemente, me saboreando, até que chupou como se estivesse me beijando, nunca tinha imaginado tal sensação, estava enlouquecida, então ele perguntou se eu queria chupar também, nunca tinha feito, mas não exitei, ele não cabia todo na minha boca, então passei a língua imitei o que ele tinha feito comigo, depois chupei e deu certo porque ficava cada vez mais duro e sentia sua pulsação ali, senti que estava ficando melado então ele me deitou me beijando, chupando meus peitos e já metendo na minha ppk, não contive meus gritos de prazer e ele começou a me chamar de safada, não sei porque mais adorei aquilo, eu realmente estava me sentindo uma, seus movimentos de vai e vem que começaram devagar foram aumentando e comecei a sentir uma coisa indescritível e cada vez mais
molhada e ele parecia estar gostando tanto quanto eu, então descobri o que era um orgasmo, fui nas nuvens, tinha vontade de chorar e rir ao mesmo tempo, queria que ele parasse, mas também queria que continuasse, então ele também gozou, deitou do meu lado ambos largados, achei que era o fim, disse que queria tomar banho, ele falou que que sim, mas depois, depois de que me perguntei.

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

Então ele trocou a camisinha e pediu pra ficar de quatro, obedeci e ele veio mordendo minha bunda e depois meteu bem gostoso, aquilo era muito bom toda aquela delicadeza deu lugar a uma brutalidade deliciosa que me fodia com força e me dava tapas na bunda, apertava meus seios,gostei mais ainda quando me puxou pelos cabelos me mandando rebolar no seu pau,tive vários micro orgasmos que era incrivelmente gostoso, achei que não tinha como melhorar até que gozamos juntos.
Bom fiquei de pernas bambas totalmente entregue aquele homem que pensei que era o amor da minha vida.

Conto enviado pela escritora Megan Nassi podem curtir sua fanpage aqui e podem comprar seu eBook de contos eróticos aqui:

Gostou do conto? deixe-nos saber com um comentário. E se quiser nos enviar o seu conto faça por aqui:

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

E estes contos já lestes?

Deixe um Comentário. (Proibido divulgar Whatsapp ou emails)

Seu endereço de e-mail nao será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

error: Conteúdo Protegido !!