Surpresa para a esposa.

(Quer usar este espaço para divulgar algo? clique na imagem.)

Anuncia Aqui

Bom, isso aconteceu depois de anos conversando com minha esposa sobre alguma aventura de sexo a três, ela sempre muito correta, tinha receio de expor suas curiosidades, mesmo para mim que sempre fui muito receptivo e aberto para conversar sobre assuntos desse gênero.
Houve um momento em que entrei em alguns grupos de conversas de maridos que partilhavam o mesmo desejo de ver a esposa sendo possuída por outro homem. Isso só de pensar me deixava em êxtase, minha imaginação ia nas alturas, meu pau logo dava sinais e ficava duro, mas duro de doer….

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

LibidGel Aumente seu penis

Então como somos casados a quase 10 anos, decidi surpreender ela, conseguimos uma noite para uma formatura de uma amiga dela, somente nós dois, algo raro, visto que temos duas filhas e não temos tanta disponibilidade assim de sair.
Nessa grupo em que fiz parte, conheci um cara, advogado separado, um cara boa pinta, bem bacana de conversar, mantive contato e ele me falou da experiencia que teve com a ex namorada dele, aconteceu e não foi esse o motivo de separação deles, me contou somente como a convenceu, como foi fazendo dia a dia, as conversas e vídeos que mandava a ela até que rolou.
Mantive contato com ele por uns meses e decidi que se ele topasse, poderia fazer uma surpresa a ela, mas para isso teríamos algumas regras a serem seguidas, e principalmente ela aceitar oque eu iria propor a ela.

Certo então, combinamos tudo e ele, ele aceitou todos os detalhes, topou tudo sem titubear em nada. Marquei com ele que assim que saísse da formatura, iriamos até o seu apartamento, ele esperaria e entraríamos com ela numa boa. Voltando a ela, a convenci de após a festa, ela ser vendada, e sem mais perguntas apenas curtir oque viria, até chegarmos em casa novamente, ela relutou e depois de uns dias conversando, ela aceitou. Ela é tudo para mim, o amor da minha vida, eu jamais colocaria ela em risco.  Na noite da formatura, ela se vestiu divinamente, como de costume quando saímos, ela fez uma maquiagem não muito forte, mas que realçam os lindo olhos verdes dela, um batom que destacava naquele rosto branquinho dela, e pronto, um vestido preto lindo, não curto mas nada muito comprido também, logo acima dos joelhos, um lindo salto,  e estava pronta…

Eu estava babando por aquela mulher, e o melhor, é minha esposa… Saímos e fomos a tal festa, eu contando os minutos para a noite passar, troquei algumas mensagens com o meu amigo, falei que ela estava linda e tudo mais… chegou a passar um pouco da meia noite e ela tomando um pouco aqui, outro gole ali, foi se soltando… Pensei que ela iria dar para trás, mas ela seguiu firme, aos poucos me dando olhares safados, mexia comigo, até que ela chegou perto do meu ouvido enquanto dançávamos, e me falou… Vamos amor, estou cansada, e ansiosa… pedi se ela havia desistido, e ela falou que não… Nos despedimos rapidamente e saímos dali, entrando no carro, falei que iriamos a cidade vizinha, mas que quando chegássemos perto do objetivo iria vendar ela. Como o combinado, parei próximo de um local, onde estava esse amigo, ele estrou devagar no carro, e logo segui a um motel próximo do centro.

Cheguei e ela sem saber o porque havia parado, estava tranquila, ele mudo no banco de trás, e ela mais ainda no banco da frente, eu acariciando suas pernas, para deixar ela mais calma, cheguei no motel e deixei a musica do carro ligada, abrimos a porta junto eu e o meu amigo, e descemos, ele foi na frente, entrou no quarto e sentou-se numa poltrona, eu a desci do carro beijando, ela estava vendada, não falou nada, acredito que não teria percebido algo…

Segui beijando ela, e acariciando, fui lentamente entrando com ela no quarto, beijando seu pescoço e ao chegar perto da cama, desci beijando ela, tirei seus sapatos e sua meia calça, deitei ela lentamente na cama, abrindo suas pernas, puxei a calcinha para o lado e comecei a chupa-la, segurei a venda nos olhos dela e beijando falei que não tirasse até eu avisar no caminho de volta.
Desci beijando e voltei a chupar ela, nessa altura meu amigo estava nú, com o pau estourando de duro, mantendo a calma como o combinado, eu sai de cima dela e o chamei, ele veio devagar e ao eu largar ela, ele assumiu, fui chupar ela…

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

Agora começou a ficar bom, ela ali gemendo devagarinho, com as mãos segurando o lençol, e eu apreciando o momento, logo ele saiu e logo se posicionou para penetrar ela, com a camisinha colocada desde o momento em que eu chupava ela, ele encostou na entradinha daquela bucetinha linda, falo isso porque tem realmente uma bucetinha maravilhosa, toda lisinha e molhada…
Foi esfregando como sei que ela gosta, para cima e para baixo, foi lentamente penetrando nela, pude ver ela se arrepiando e os movimentos dele começando devagar, numa dessas ele a penetrou toda, com força onde ela soltou gemido alto, ele foi… seguiu metendo, segurando nas pernas dela e metendo, não demorou muito e ela logo quis virar de bruços, nessa posição ela é demais, empina bem a bunda e espera, aquela delicia de bucetinha toda melada, ele só ajeitou mais para o lado a calcinha dela, e foi de novo, acredito que nesse momento ela notou que não era eu, pois fez menção de querer tirar a venda, mas não tirou, ele foi com mais força, ia e voltava com muita vontade, não se contentou e quis provar oque sempre falei para ela que ela fazia muito bem, tirou a camisinha e com ela deitada, foi até a sua boca, encostou a cabecinha na boca dela e ela segurou com uma mão, era fato que não era meu, ele é maior, mais grosso, mas já que estava lá, ela deve ter pensado em aproveitar o momento.

Abriu bem a boca, como se soubesse que eu estava ali vendo tudo, e engoliu, nossa, nesse momento meu pau quase estourou, ela com a bunda empinadinha e chupando, era isso que eu sonhava, ela se deliciando ali e eu vendo, não me contive, fui lentamente e me posicionei atrás dela, senti que ela se assustou mas cheguei no ouvido dela e disse para que aproveitasse o momento, penetrei ela com força, meti com vontade, ela gemia e chupava com mais vontade ainda, eu beijando seu rosto e aos poucos a boca dela, ela sugava e falava baixinho.. se ela isso que eu tanto queria… que naquele momento ela estava sendo a putinha que eu queria, então iria aproveitar… sai de cima dela e logo ele colocou outra camisinha, percebi que ele queria mesmo terminar logo, o pau dele estava estourando tanto quando o meu.

Ela voltou a me chupar e ficou de quatro para ela, ele queria logo isso mesmo, e eu também, aproveitei com ela vendada e curti o momento, não levou cinco minutos e ele anunciou que iria gozar, deitou ela de barrica para cima, e logo começou a gozar, jatos fortes em cima da bucetinha dela, deixando ela toda melada, nesse momento ela ainda vendada apenas sentiu, eu saio do lado dela e não me aquentei, queria gozar também nela, mas dentro daquela bucetinha molhada, meti mais um pouco e confesso, não resisti, desci beijando e chupando ela com muita vontade, toda gozada, molhada, era uma mistura de desejo e tesão, chupei bem, logo voltei a meter nela, menos de cinco minutos, a beijei e falei que iria gozar naquela bucetinha quente, ela falou ao meu ouvido que queria isso logo.
Segui firme e não aguentei muito…

Enchi aquela bucetinha maravilhosa, meu pau latejava, e bucetinha dela apertando meu pau, notavelmente ela estava cansada.
Nos beijamos e falamos o quanto nos amamos….
Foi vendada ao carro e logo meu amigo também veio, deixei ele onde o peguei sem falar uma só palavra, andamos duas quadras mais ou menos e eu tirei a venda dela, ela não me olhava, não sei se por vergonha ou brava comigo.
Chegamos em casa, e tomamos um banho juntos, nos beijando muito, e fato que terminamos fazendo amor…

Conto enviado por: RDS (Obrigado)

Gostou do conto? deixe-nos saber com um comentário.
Quer entrar no nosso grupo Whatsapp? Veja aqui como o fazer: Clique aqui.
E se quiser nos enviar o seu conto faça por aqui: Enviar Conto.

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

E estes contos já lestes?

4 comentários

  1. Quem é idiota a ponto de gosta de ser corno?

  2. Muita tesão esse conto.
    Senti o pau duro de início ao fim.
    Tive que descarregar na secretaria…
    Tive uma ocasião parecida.
    Mas com olhos bem abertos e sedenta por sexo.
    No final na banheira o esposo veio e agarrou meu pau pedindo para ser penetrando.
    Achei que não ia rolar e disse que…outro dia.

Deixe um Comentário. (Proibido divulgar Whatsapp ou emails)

Seu endereço de e-mail nao será publicado.Campos obrigatórios são marcados *

*

error: Conteúdo Protegido !!