Etiqueta: Maísa Ibida

Empregada Evangélica

(Quer usar este espaço para divulgar algo? clique na imagem.) Meu nome é Remara, sou evangélica, estou noiva, mas não sou virgem a um bom tempo, pois já dei boceta, chupei alguns cacetes. Mas nunca dei meu rabinho. Isso porque minha religião diz que mulher não deve dar nunca o cuzinho. Contudo, como toda mulher,

Garotas Fodendo e Masturbando

Eu sou Pâmela, sou o que as pessoas chamam de “uma garota alta”. Nessa época tinha 14 e Susane, 15, meu cabelo é castanho claro cortado curto, tenho olhos amendoados, lábios macios e carnudos, seios médios com aréolas rosadas. Suzane era minha vizinha e amiga de escola, acho que por isso sempre nos demos bem.

Minha esposa me fez de voyeur

Com alguns anos de casado, algumas desconfianças em relação às atitudes de minha esposa me levavam a crer que eu seria corno. É que minha esposa se conectou a um rapaz, e ele iria passar a frequentar a faculdade a título de seminário e quando eu chequei perto ela pareceu ficar afobada, e só pude

Sou corno da minha supergirl

Tenho uma esposa muito bonita seu nome é Luísa, 34 anos. Ela é empresaria de uma grande empresa. E ela quem dar as ordens e é obedecida na hora, e isso me deixava com vontade em ser corno dela, pois na minha fantasia, imaginava ela me ordenando a ser bom maridinho e ficar caladinho e

Esposa corrompida

Olá, meu nome é Solange, tenho 30, sou bonita e possuo os lábios bem carnudos e o fato é que jamais pensei que na saída do trabalho, um homem iria me corromper e me convencer a oferecer a periquita para ele e me transformaria numa excelente vadia biscate e eu ainda ia mamar o pauzão

No colégio das putas sou a nerd vadia e cdf

Meu nome é Maísa Ibida e essa historia que conto é sobre Paula cujo codinome é Ursinha e somente agora ela me autorizou a tirar meu nome e pôr o nome dela como personagem central e por uma questão de ética, não direi de qual site ela me procurou para escrever sobre sua história e

Meu marido e o vídeo de corno manso

Meu marido descobriu que eu andava rebolando em outros paus, passam-se algumas semanas e depois da raiva, parece que veio uma excitação e ele vinha de forma dengosa à cama e falava que não queria me deixar e que aceitava ser corno. E percebi que a vontade dele era tão intensa em ser corneado que
Página 1 de 2
1 2
error: Conteúdo Protegido !!