Um dia na cachoeira

(Quer usar este espaço para divulgar algo? clique na imagem.)

Anuncia Aqui

Tipo, imagina a gente numa cachoeira no meio da mata. Mata um pouco fechada. Um dia de muito sol, um sol bonito mas que quase não chegava na gente, pois as árvores altas e espessas impediam o sol de nos tocar, apenas uns raios chegavam na gente, e o sol brilhada num pequeno lago que se formava nos pés da cachoeira. Você estava de biquíni e eu usando um short até que curto. Estamos deitados numa pedra grande, apenas nós 2. Eu deito de lado pra você e começo a acariciar seu rosto e logo em seguida seus cabelos. Fixo meus olhos no seu corpo, admirando-o.

(Quer usar este espaço para divulgar algo? clique na imagem.)

Anuncia Aqui

Por ser tão lindo, tão perfeito. Aproximo meus lábios de você e dou uma mordidinha no seu ombro, sorrio pra você e dou uma mordidinha no seu queixo e logo depois dou uma mordiscada nos seus lábios. Subo minhas mãos pro seu rosto e fico acariciando. Seguro ele uns poucos segundos e meio que te roubo um beijo. Vou beijando você de forma bem pervertida, aos poucos vou puxando sua língua pra dentro da minha e vou chupando-a devagar. Chupando sua língua e seu lábio inferior bem devagarzinho.

Desço minhas mãos e aperto seus seios de forma intensa por cima do biquíni. Enquanto vou apertando eles vou descendo minha boca, começo a chupar seu pescoço devagarzinho, vou chupando e beijando seu pescoço, algumas vezes dando umas lambidas com a ponta da língua acompanhando o caminho que a veia faz. Desço ainda mais beijando entre os seus seios. Chegando ali eu passo a pontinha da minha língua de lado nos seus seios. Continuo apertando mais e mais seus seios.

Logo eu pego você no colo e entro com você no laguinho. Solto seu sutiã quando entramos na água e volto a beijar sua boca ainda mais. Desço minhas mãos e as deixo na sua bunda, dando nelas umas apertadinhas bem safadas. Desço minha boca até os seus seios nus e fico lambendo o biquinho de um deles com a ponta da minha língua, passo pro outro fazendo a mesma coisa, dando também uma mordidinha bem leve no biquinho só pra te estimular mais.

Volto pro outro e vou chupando completamente. Subo uma das mãos pro seio livre e vou apertando-o também. Me ajoelho na sua frente e começo a chupar sua barriguinha toda, desço chupando sua barriguinha até o umbigo. CHegando nele eu ponho minha língua pra fora e vou dando linguadinhas no seu umbigo. Levanto uma de suas pernas e vou dando mordidinhas na sua coxa. Vou mordendo até a virilha, na virilha eu dou umas lambidinhas e um chupão. Saio devagar de debaixo de você e abraço bem forte, pra sentir todas as suas curvas no meu corpo.

(Quer usar este espaço para divulgar algo? clique na imagem.)

Anuncia Aqui

Toco uma de suas mãos e a faço caminhar pelo meu corpo, passando pela minha barriguinha até chegar no meu short. Abaixo meu short e faço você pegar na minha sunga, pra você sentir o quanto eu estou excitado, e o quanto eu estou querendo. Quando sinto sua mão acariciando fecho meus olhos por uns instantes e mesmo de olhos fechados eu mordo sua orelha. Aos poucos vou tirando a parte debaixo do seu biquíni, quando finalmente tiro eu ponho minha mão lá, mesmo por baixo da água e começo a masturbar você. Vou tocando seu clítoris devagarzinho, algumas vezes fingindo que vou penetrá-la com o dedo.

Pego você no colo novamente e saímos um pouco do laguinho. Encosto você numa árvore já nua e logo tiro minha sunga também. Encosto meu pênis no seu clítoris e vou estimulando ali. Vou esfregando meu pênis em você sem penetrar. Fico apenas esfregando a cabecinha dele no seu clítoris pra que você fique cada vez mais e mais excitada. Aproveito esse estímulo pra poder chupar seu pescoço, de uma forma um poquinho mais bruta.

Interrompia um pouco toda aquela esfregação e pedia pra você abaixar. Eu ficava de pé sorrindo pra você maliciosamente, passava a cabecinha do meu pênis nos seus lábios, ficava circulando eles como se estivesse brincando, umas poucas vezes o passava no seu rosto mas sempre voltava aos lábios. Mas após uns poucos instantes eu parava e deixava ele bem em frente a sua boca, pedindo carinhosamente para que você chupasse.

Colocava uma das minhas mãos na sua cabeça e lentamente a forçava para frente, para que você o chupasse cada vez mais fundo, no momento eu fechava novamente meus olhos, imaginando na cabeça a cena que estava acontecendo. Relaxava o corpo completamente enquanto você chupava e adorava aquilo, algumas vezes tirava meu pênis da sua boca e botava de novo, algumas vezes dando pancadinhas macias com ele nos seus lábios.

Logo, deitava você na pedra e desta vez eu te chupava. Começava bem devagarzinho, passando apenas a pontinha da minha língua no seu clítoris, mas depois segurava suas coxas e ia lambendo você mais rápido, algumas vezes chegando a chupar. Enquanto ficava te dando linguadinhas eu aproveitava pra ficar apertando seus seios..

Conto enviado por: (Obrigado)

Gostou do conto? deixe-nos saber com um comentário.
Quer entrar no nosso grupo Whatsapp? Veja aqui como o fazer: Clique aqui.
E se quiser nos enviar o seu conto faça por aqui: Enviar Conto.

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

Tags:

Adicione um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Conteúdo Protegido !!