Viagem a São Paulo e traindo com amigo

(Quer usar este espaço para divulgar algo? clique na imagem.)

Anuncia Aqui

Aconteceu comigo em julho de 2018, minha esposa estava viajando para mais um congresso em Brasília e eu tinha um trabalho para levar em São Paulo e ia ter que ficar lá por três dias.Peguei a ponte aérea e cheguei na capital paulista às 09:00 hs. Fui até a empresa entreguei meu relatório e participei de uma reunião, quando acabou já era hora do almoço e um amigo que conheci na reunião me convidou para almoçar com ele num restaurante ali perto, depois me levou para um hotel no centro onde eu ficaria por três dias aguardando as respostas. Enquanto tomavámos um drinque, pedi a ele que me indicasse algum lugar para me distrair a noite, pois não queria ficar no quarto vendo TV.

(Quer usar este espaço para divulgar algo? clique na imagem.)

Anuncia Aqui

Luiz Carlos era o nome dele, e ele perguntou:
Willian que tipo de diversão você quer?
Eu respondi:
Luiz pode ser um bom cinema, uma boate, algo mais apimentado, se você me entende.
Ele riu e me disse:
Willian, tem cinema com filmes pornô, boates com lindas mulheres, boates gays, saunas maravilhosas. Você curte?
Respondi que sim, que curtia.
E perguntei: E você curti?
Luiz riu e me disse que apesar de ser casado, as vezes ele ia numa sauna pra relembrar os tempos de juventude, em que fazia troca-troca com outro jovens.
Combinamos dele retornar a empresa, enquanto eu tomava banho e descansava um pouco e depois ele me pegaria e iriamos conhecer a tal sauna.

Às 17 horas o telefone do quarto me chamou, Luiz estava na portaria me aguardando, desci e com ele fui até aaltura da Avenida Paulista, onde paramos num bar, tomamos uma cerveja e ele me explicou como era a sauna e o que tinha. Eu falei que já tinha ido numa sauna no RJ, e que já tinha me divertido muito.
Ele riu e me perguntou se eu tinha sido ativo ou passivo na sauna?
Respondi que uma vez tinha sido só passivo, para três caras numa noite.

Ele riu e me disse que naquela noite eu e ele seriamos passivos para dois amigos dele que estavam na sauna nos esperando, para eu me preparar, pois ele sempre era a putinha deles, mas agora teria ajuda minha. Rimos muito e partimos para sauna.
Chegando na sauna, fomos para o vestiário, peguei o chinelo e as toalhas, enrrolei ne cintura e segui Luiz até o banho. Ficamos pelados e tomamos banho juntos, ele fez questão de me lavar, segurando meu pau esfregando a minha bunda com sabonete, eu retribui a gentileza.
Ainda era cedo e a sauna estava bem vazia, nos secamos e fomos passear pela sauna, ele me mostrou a sauna seca e a vapor, o banho turco, a sala de TV, a sala de filmes porno gay, a sala escura, o labirinto, uma sala para shows eróticos, e no fundo tinha um bar, onde os dois amigos dele já nos esperava tomando cervejas.

Luiz me apresentou, esse aqui é o Willian ele é carioca.
Comprimentei os dois, um se chamava Edu e devia ter uns cinquenta anos, o outro era o Paulo devia ter uns 55 anos, muito alegre e bem sacana.

Edu nos convidou pra sentar, e tomamos umas cervejas, e o papo rolava solto, e o assunto era putaria lógico. Derrepente o Paulo me perguntou se eu curtia tamanho grande e grosso, se eu topava tudo?
Eu ri e disse que topava tudo, que aguentaria o que o Luiz aguentasse, sem reclamar e sem gemer.

Ele riu e o Edu abriu a toalha um pouco e me mostrou o que me esperava, ele tinha um pau bem grande e bonito, bem branquinho, devia medir 21 cms. o Paulo também mostrou seu mastro um pouco menos mas também grande e grosso, tipo 19 cms. Sorrir pro Luiz e disse:
Luiz já vi que vou sair daqui hoje bem ardido, mas muito bem fudido. Todos rimos e eu passei a mão no pau do Edu bem rápido, ele logo notou que minha toalha estava estufada pois fiquei de pau duro. terminamos a cerveja e fomos para um quarto numa sala que eu não tinha visto, entramos e tinha uma cama de casal com lençol branco, logo que todos estavam dentro Paulo fechou a porta e Edu logo me agarrou e me deu um beijo na boca e tirou minha toalha me deixando peladinho, riu do meu pau que é pequeno e estava duro. Me deu outros beijos e eu correspondia, enquanto ele me virou de costas pra ele e deu um tapa na minha bunda, se abaixou um pouco e me mordeu a bunda e lambeu meu rego.

Luiz e Paulo estavam na cama fazendo 69, com Paulo enfiando dedos no cu do Luiz que gemia, eu senti que o Edu me lambia a bunda e abria bem pra lamber meu cu, em pinei bem e ajudei ele com as mãos, abrindo bem e senti sua lingua forçando meu cu, gemi de tesão.
Edu me chupou por uns dez minutos, eu só apoiado na cama vendo o Luiz chupando o pau do Paulo e elvando dedo no rabo, gemendo e sendo chamado de putinha, veado, que ia comer o cu dele e depois ia comer outro veado carioca que era eu. Edu se levantou e tirou a toalha, me mandou sentar na cama e me ofereceu a piroca dele pra eu mamar bem gostoso. Cai de boca naquele caralho que ia ficando bem duro, quanto mais eu mamava, ele me fazia perguntas, tipo Willians você vai ser minha putinha, meu viadinho?

Eu sacudia a cabeça afirmando que sim, que queria aquele pau todo no meu cu, que eu queria ser fudido por ele sem dó. Eu disse que daria pra ele e pro Paulo, até sentir meu rabo arder de prazer.

Aí eu ouvi o Luiz falar que também queria me comer, que eu daria pra eles três, eu ri e disse que tudo bem, mas que pensava que ele era só veado, mas ele disse que também comia um cuzinho as vezes.

Olhei pro Edu mamando sua rola e perguntei se tinha camisinha, ele me apontou uma bolsinha que estava cheia de camisinhas pra noite toda se precisasse. mamei a piroca do Edu por um bom tempo, até o Paulo largar o Luiz e trazer a piroca dele pra eu mamar também, Luiz aproveitou e também me deu a dele, fiquei mamando os três.

(Quer usar este espaço para divulgar algo? clique na imagem.)

Anuncia Aqui

Edu se afastou um pouco e foi pegar uma camisinha, colocou no pau e me falou:
Vem meu veadinho carioca, fica de quatro na cama, e vai chupando eles, obedeci e fiquei de quatro chupando duas rolas,senti que algo duro encostou no meu cu e forçou um pouco, gemi.

Edu me segurou pela cintura e foi empurrando sua pica no meu cu, parei de chupar e gemi, e pedi:
Bota devagar meu macho, bota devagar…
Edu me deu um tapa na bunda, com força e me mandou só gemer…
Segurou com força minha cintura e foi empurrando sem dó…

Eu ia gemendo de dor e chupava a piroca do Paulo com muita tesão, chupando, gemendo e rebolando a bunda pra facilitar a entrada da piroca do Edu, afinal tinha 21 cms de pica entrando no meu rabo.
Enfim sentiu o saco dele encostar na minha bunda. meu rabo ardia e Edu começou a bombar, primeiro devagar e depois foi aumentando o ritmo. Eu so ouvia ele me chamar de puta, de veado e me mandava rebolar bem a bunda, chamar ele de meu macho, mas eu estava com a boca cheia, eo Luiz sentado na beira da cama tocando e me olhando e rindo.

Ele só falava, eu te avisei carioca que você ia sair daqui com o cu arrombado e ardendo.
Eu ali tomando no cu e mamando outra rola, não aguentei e gozei, gozei muito gostoso sujando todo lençol da cama, e o Paulo quando viu falou pra Edu:

O veadinho gozou, ele está gostando, soca com força pra ele gozar mais Edu, ele gosta de tomar no cu. Edu me deu um tapa na bunda e me perguntou se eu estava gostando:

Respondi que estava adorando, pra ele meter mais, socar com força no meu cu, me arrombar todo, que eu estava adorando aquilo, que eu era o veado deles e que queria tomar muito no cu, ser bem fudido. Edu aumentou o ritmo e logo gozou no meu cu, senti sua pica inchar e ele cair em cima de mim.

Espero a piroca amolecer um pouco e tirou, vi a camisinha cheia do gozo dele, ele tirou a camisinha e jogou no lixo. Nem deu pra eu descansar pois o Paulo colocou a camisinha e me mandou ficar de frango assado, e socou a piroca no meu cu, era mais 19 cms me fudendo, foram mais 20 minutos tomando no cu e gemendo, até que Paulo também gemeu e gozou, logo senti que algo jorrava no meu peito e na minha barriga, era o Luiz gozando em cima de mim, o puto estava tocando em me deu um banho de porra.

Fui tomar banho e quando voltei vi que o Luiz estava dando pro Edu e chupando o Paulo, deixei eles ali e fui passear pelo salão da sauna. Fui na sala escura e depois que as vistas acostumaram, vi que haviam varios homens ali, uns fudendo, outros se beijando e tocando punhetas.
Num canto tinha um cara tomando no cu enquanto outro mamava a piroca dele, tirei minha toalha e me encostei num canto e fiquei alisando meu pau que estava começando a ficar duro, um coroa baixinho se encostou em mim e tirou a toalha, pude ver seu pau na penumbra, estava duro, segurei um pouco e toquei um punheta nele, senti sua mâo me empurrando da parede e senti seus dedos procurando meu rego, deixei ele continuar e senti seus dedos procurando meu cu. Ele tinha um pau pequeno mais era muito grosso, acho que não entraria no meu cu, por isso só toquei enquanto ele enfiou dois dedos no meu cu.

Ele me perguntou se podia me comer ali mesmo, eu disse que não, não tinha camisinha ali e que tinha muita gente, que eu tinha vergonha de dar com outros olhando. Ele me perguntou se eu não queria ir pro reservado com ele, que ele tinha camisinha, saimos dali e fomos pra uma cabine reservada. Sentei na beliche e mamei ele um pouco, ele beliscou meus mamilos, me mamou os peitinhos e me colocou de quatro na cama, colcou a camisinha e tentou me enrrabar, não conseguiu, era muito grosso e não entrou, eu não aguentei, voltei a sentar na cama e chupai mais um pouco ele avisou que ia gozar e eu só toquei e ele gozou no meu peito. Sai e fui tomar banho, voltei pro quarto dos rapazes e eles estavam descansando da foda que deram no Luiz.

Ficamos os quatros no quarto e fudemos mais uma vez, depois tomei banho e voltei ao hotel para descansar, estava realizado pela aquela noite, pois meu cu tinha sido bem fudido, e logo estaria de volta pra casa e minha esposa não saberia que eu havia traído ela mais uma vez, como ela me traía, toda vez que viajava pra congresso com o chefe dela e ele comia o cu dela com aquela pirocona deixando ela realizada e arrombada, pra eu quando meter ela nem sentir dor com minha piroquinha com 12 cms. Enfim traição se paga com traição, mais ainda sim somos felizes e nos amamos…

Conto enviado por:  Willians Rodrigues (Obrigado)

Gostou do conto? deixe-nos saber com um comentário.
Quer entrar no nosso grupo Whatsapp? Veja aqui como o fazer: Clique aqui.
E se quiser nos enviar o seu conto faça por aqui: Enviar Conto.

(Clique na imagem em baixo visite nosso parceiro)

RelatedPost

Adicione um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

error: Conteúdo Protegido !!